INSTITUTO AION DE PSICOLOGIA PROFUNDA


TEORIA DA PERSONALIDADE EM CARL JUNG

MODELO JUNGUIANO DA PERSONALIDADE

A Psique, na visão de Jung, é um sistema semi-fechado e a energia que o impulsiona é a libido. No processo psíquico encontramos os seguintes fatores: Ego, Consciência, Inconsciente pessoal, Inconsciente Coletivo e Si-mesmo.

EGO:  é aquele fator complexo com o qual todos os conteúdos conscientes se relacionam. É o sujeito de todos os atos conscientes da pessoa1.

CONSCIÊNCIA
: percepção  percepção interior do processo vital objetivo2.

INCONSCIENTE PESSOAL: engloba todas as aquisições da existência pessoal: o esquecido, o reprimido, o subliminarmente percebido, pensado e sentido. No inconsciente pessoal são formados os complexos de tonalidade emocional3.

INCONSCIENTE COLETIVO: camada do inconsciente onde jaz os arquétipos. Os conteúdos do inconsciente coletivo nunca estiveram na consciência e, portanto não foram adquiridos individualmente, mas devem sua existência apenas à hereditariedade 4.

SI-MESMO: personalidade global que existe realmente, mas que não pode ser captada em sua totalidade1.

EIXO EGO/SI-MESMO: Linha de conexão entre o centro do Ego e o centro do Si-mesmo. O vínculo vital que faz a ligação entre o Ego e o Si-mesmo e que assegura a integridade do Ego5.

ARQUÉTIPO: tipos arcaicos ou primordiais, “imagens universais que existiram desde os tempos mais remotos”4.

COMPLEXO: É a imagem de uma determinada situação psíquica de forte carga emocional e incompatível com as disposições ou atitude habitual da consciência2.

__________________________________________________________________________________________________

[1] Jung,  C.G.  (2013). Aion. Obras  completas  de  C.G.  Jung (vol. 9/2) Petrópolis: Vozes

[2] Jung,  C.G.  (2013). A Natueza da Psique. Obras  completas  de  C.G.  Jung (vol. 8/2) Petrópolis: Vozes

[3] Jung,  C.G.  (2013). Tipos Psicológicos. Obras  completas  de  C.G.  Jung (vol. 6) Petrópolis: Vozes 

[4] Jung,  C.G.  (2013). Os arquétipos e o Inconsciente Coletivo. Obras  completas  de  C.G.  Jung (vol. 9/1) Petrópolis: Vozes 

[5] EDINGER, Edward F. Ego e arquétipo; individuação e função religiosa da psique. São Paulo, Cultrix, 1989.

 





Inicio